Ayurveda

A palavra Ayurveda significa “ciência da vida” (“Ayur”= vida e “veda”=conhecimento ou ciência). Trata-se de uma ciência desenvolvida há mais ou menos cinco mil anos na Índia e se configura como um sistema tradicional de saúde. O ayurveda não é uma medicina mística ou apenas alternativa, e sim uma medicina complementar reconhecida pela Organização Mundial de Saúde. Em alguns países, é a medicina oficial e, na Índia, uma especialidade médica, contando com mais de 100 faculdades. Portanto, é inegável a autoridade desse conhecimento milenar como uma ciência eficaz no tratamento e prevenção de doenças.

O ayurveda surgiu da dedicação de homens sábios indianos, conhecidos como rishis, que ao viverem absortos no silêncio e na meditação, dedicaram-se a observar atentamente a si mesmos, os outros seres vivos, a natureza e seus ciclos. Perceberam, então, a influência do clima e das estações sobre nossas funções orgânicas, as reações do nosso em relação aos alimentos e, o mais importante, observaram que havia distinções entre o funcionamento orgânico de cada ser vivo. A partir dessa diferença, criaram os tipos básicos de funcionamento de cada espécie, os chamados doshas (vata, pitta e kapha), um conceito importantíssimo dentro do Ayurveda. Resumidamente, podemos dizer que os doshas são substâncias sutis presentes nas funções fisiológicas e psicológicas dos seres humanos e que viver em harmonia com o seu dosha constitucional é a chave para evitar as doenças.

Mas o que torna essa sabedoria milenar ainda mais especial é que ela não opera apenas no nível físico e bioquímico do ser humano, mas reconhece também o conceito de energia vital, uma energia inteligente e sutil que anima a matéria. Quando esse nível de energia vital se torna deficiente em nosso organismo, sentimo-nos desvitalizados, cansados, desmotivados e sem resistência para suportar as demandas de nosso cotidiano e de nossas vidas.

Apropriando-se de tudo o que há na natureza por meio de ervas, alimentos e óleos, o Ayurveda nos propõe um sistema de tratamento e prevenção de doenças que inclui dieta apropriada para o seu dosha, rotina diária (dinacharya), técnicas de desintoxicação (panchakarma), massagens, práticas de yoga e meditação, além de estudo e observação dos processos mentais.

Uma vida orientada por princípios ayurvédicos certamente nos traz longevidade e saúde física, mas principalmente harmonia e equilíbrio para a consciência, uma vida de expressão de nossos talentos e profunda integração com a natureza, seja a nossa própria natureza, seja a natureza que nos circunda.

Como são feitas as consultas

O atendimento começa por uma consulta em que o terapeuta, por meio de um cuidadoso exame que inclui um grande número de características físicas e psíquicas, faz a definição do dosha (código energético original) e os desequilíbrios existentes.  A partir disso, é sugerido um tratamento que inclui orientação alimentar específica, aplicação da psicologia ayurvédica no funcionamento da mente, orientação sobre uma rotina diária (dinacharya) em que a pessoa possa adaptar sua vida aos ciclos da natureza, massagens, yoga e meditação.

 

Terapeuta

Ana Paula Cavalcanti

(11) 98362-0536 (whatsapp)